TDT: o que fazer para não perder o sinal da televisão gratuita esta quarta-feira?


Esteja atento à mudança do sinal da TDT, previsto para esta quarta-feira às 15:00 já que terá de sintonizar o seu televisor.

O que fazer para não perder o sinal da televisão gratuita esta quarta-feira?

Na próxima quarta-feira, dia 27 de novembro, pelas 15:00 está previsto o arranque das operações da alteração do emissor de Odivelas Centro, passando do canal 56 para o 35, como foi explicado pela ANACOM. A Altice Portugal vai dirigir as mudanças e fazer o teste piloto, tendo em vista a libertação do espectro dos 700 MHz para a chegada do 5G a Portugal.

Segundo a reguladora, embora não haja números oficiais de quantas pessoas utilizam o TDT, os inquéritos realizados apontam para 13/14% da população a aceder ao serviço gratuito de televisão. Os números não abrangem segundas habitações, nem segundos ou terceiros televisores em casa. Nesse caso, a percentagem sobe para 23%, segundo os cálculos da ANACOM.

Para tentar esclarecer os utilizadores de TDT afetados pelas mudanças, fique com algumas respostas às principais dúvidas.

Quais são as primeiras regiões afetadas pela mudança?

O teste-piloto arranca em Odivelas e abrange 135 mil residências e áreas comerciais. Estão abrangidas não só o concelho de Odivelas, como as freguesias de Lumiar, Carnide e Santa Clara em Lisboa, assim como a Encosta do Sol, na Amadora.

O que deve fazer para não perder o sinal?

A mudança da frequência do TDT obriga à sintonização dos sete canais gratuitos disponíveis no pacote. O processo é simples, devendo aceder ao menu do comando da televisão ou da caixa TDT que permita a configurar a antena. Deverá encontrar a opção setup, instalar ou ajustar o canal, ou equivalente mediante a marca dos equipamentos. Depois é só seguir as instruções que aparecem no ecrã.

Não consegue sintonizar e precisa de ajuda?

Para ajudar os utilizadores que não consigam sintonizar os seus televisores, a ANACOM vai ter no terreno equipas técnicas, durante os dias 27 e 28 para ajudar a população a sintonizar os canais. O serviço é completamente gratuito e válido para todo o país durante as respetivas fases de alteração.

Como contactar a linha de apoio da ANACOM sobre a sintonização dos canais?

A reguladora disponibiliza o número gratuito 800 102 002 totalmente dedicado ao processo de migração da frequência do TDT. A assistência telefónica está a funcionar entre as 9:00 e as 22:00, todos os dias, incluindo fim-de-semana e feriados. No entanto, nos dias 27 e 28, o serviço prolonga-se até à meia-noite. Além disso, a ANACOM tem uma carrinha de apoio na rua, bem identificável, como pode ver na fotografia, que funciona como uma espécie de balcão móvel.

Quando serão mudadas as frequências das restantes regiões?

Uma vez que esta primeira mudança é, no fundo, um teste, a migração de todo o território nacional começa na terceira semana de janeiro de 2020. As mudanças arrancam na região sul do país (Algarve) estendendo-se para norte. Por fim, a mudança será feita nas regiões autónomas da Madeira e Açores.

Terá de pagar pela mudança, trocar o equipamento ou subscrever algum serviço?

A esta pergunta, a resposta é não. Toda a alteração é gratuita, incluindo a intervenção dos técnicos caso seja necessário. A ANACOM alerta ainda a população para estar atenta a qualquer tentativa de venda de serviços e equipamentos de terceiros, e caso isso acontece, deverá denunciá-los. As antenas não necessitam de ser substituídas, nem serem reorientadas. A televisão e o descodificador são os mesmos.

Fonte: https://tek.sapo.pt/noticias/telecomunicacoes/artigos/tdt-o-que-fazer-para-nao-perder-o-sinal-da-televisao-gratuita

Comentários

Mensagens populares