Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

Branco ⚪

Depois da tempestade Vem a bonança Saiu à rua com vontade E cheio de esperança. Limpo as minhas energias Tiro tudo o que é escuro Cores corrigidas Agora eu me curo. Limpo as emoções E os sentimentos mais rebeldes Momentos agora humildes Carregados de convicções. Limpo o obscuro Que viveram muito tempo Tempo não tenho a perder Agora só quero viver.
Mensagens recentes

Preto ⚫

Palavra que ninguém fala Com medo das memórias Dos que já partiram E nunca mais se ouviram. Os que cá ficam  Sofrem demais  Sem nunca ultrapassar  O que o tempo não sabe curar.  A dor acaba amiga Deixando a alma vazia Olha que perde a luz O reflexo já não reluz.  É uma grande injustiça  A morte que se avista  Sem ser possível parar  O que a  todos vai chegar. 

Roxo 🟣

Tudo o que vejo Está pintado a roxo Que decora O meu interior. Tudo o que tenho e sou Se define a roxo Desde a tinta do tecto do quarto  À bolsa de ombro. A única coisa que pretendo  Neste momento é o sossego Que me parece um aconchego  Neste momento de tormento.  Talvez seja uma fase Uma pausa para refletir  Mas confesso que neste momento  Pouco me importa.  O que sou hoje é isto Amanhã outra cor talvez.  Por agora sou assim Uma mancha pintada a roxo. 

Cor de rosa 🟣

Sou uma rosa despida Perdida sem emoção  Uma rosa ilusão  Que queria voltar a ser botão.  Sou uma rosa desfolhada  Com as pétalas no chão  Para frente inclinada  Carregada de emoção  Lágrimas que deito Com esta dor no peito  Rosa sem coração  Perdeu a sedução  A vida assim quis  Que eu ficasse assim Que perdesse a vontade  E achasse a saudade.  Mas flor é sempre flor Mesmo estando chorosa  Continua a ser valiosa  E muito esplendorosa.  Sou a rosa dos amores E a mãe das flores  Em mim não há medo  Trago apenas o segredo.  Um dia encontrarei  O vento que me levará  E assim partirei  Feliz e fogosa  A vida que já foi como a rosa. 

Vermelho 🔴

Lábios de vermelho pintados De sabor misterioso  Desejo ardente curioso  Dedos que se escondem apertados.  Toco-te sem vergonha  Sem medo de falar Mas sem que isso exponha  A vontade de te beijar.  Calor do deserto Que chega tão de perto Deixa-me desperto  Sabendo que estou certo Ao te ter descoberto.  Cor que te caracteriza  A tua personalidade não me aterroriza Apenas me faz ter mais vontade  De entrentar a tempestade.  Sei que é acertado  O que certo não pode ser errado  Contigo do meu lado Serei o mais bem comportado. 

Verde 🟢

Mãe natureza tão bondosa  No seu abraço nos aceita  Como uma mãe cuidadosa Que cuida de forma tão perfeita.  Verde das árvores e da relva Que inspira este momento  Reflexos cheios de acontecimentos  Que perdem a razão e o conhecimento.  Natureza humana que maltrata  Planeta único na sua existência  Permite a vida com resistência  Num comportamento que te mata.  Verdura magnífica que me contorna  Alma cheia, renovada Inspira a arte motivada Com emoções que me fascinam.  Caneta que escreve a verde  A urgência de te salvar  Natureza que fica sem ar Para nós podermos respirar.  Valor não te sabemos dar Por isso te Vejo chorar Ó minha Mãe amada  Não te sintas culpada  Por o ser humano ser assim.  No que depender de mim Não vais ter este horrível fim  Apenas temos todos de estar a fim Se salvar o que ainda resta de ti.

Azul 🔵

Lua azul da noite  Água cristalina que te vê  Sorriso bondoso que admite  O sentimento que prevê  A alegria sem limite.  Oceano que beija o céu  O azul da lua ilumina O coração colorido pintado a pincel  Pela alma sem sina.  Noite azul estrelada  Universo de versos sem palavras  Olhares que falam em voz selada Num som silencioso sem letras.  Dedos que tocam a fina areia  Beijada pela água azulada  Música cantada pela sereia  Que inspira a mente estimulada  Pela magia da lua derradeira.